Quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

Projecto em Portalegre para produção de britas a partir de entulhos

Um projecto ambiental para a produção de britas a partir de entulhos vai ser desenvolvido no distrito de Portalegre, num investimento de quatro milhões de euros até ao início de 2008, revelou hoje fonte da empresa responsável. O administrador delegado da empresa multimunicipal Valnor - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, Pinto Rodrigues, adiantou hoje à agência Lusa que o projecto prevê a montagem de um sistema para recolha, triagem e tratamento de resíduos de demolições e construções (entulhos). "O objectivo é transformar os entulhos em britas para a sua reutilização em estradas e na construção civil", explicou o responsável. Para concretizar o projecto, comparticipado em 65 por cento por fundos da União Europeia, a Valnor já adquiriu 200 contentores, quatro camiões para recolha dos entulhos, uma britadeira e um crivo. Segundo Pinto Rodrigues, o investimento da Valnor vai permitir a criação de 20 postos de trabalho directos. O projecto, segundo o responsável, envolve a construção de estações de triagem e transferência em Portalegre, Castelo de Vide, Campo Maior, Ponte de Sor, Avis e Gavião. A primeira fase de construção das estações inclui as unidades de Portalegre e Castelo de Vide, que vão ser inauguradas no início de Novembro deste ano. A segunda fase, a iniciar este mês, engloba as centrais de Campo Maior, Ponte de Sor e Avis, e a terceira fase, com início em Janeiro de 2008, inclui a estação de Gavião. De acordo com Pinto Rodrigues, as estações de triagem e transferência têm como função "a valorização dos resíduos de demolições e construções, transformando-os em materiais reutilizáveis, como por exemplo britas". Ao abrigo deste projecto estão já a funcionar em Campo Maior e Vale de Açor, no concelho de Ponte de Sor, os dois primeiros aterros de inertes licenciados no Alentejo. "Os aterros surgiram devido à necessidade de criar zonas para depósito de entulhos de obras, resíduos que constituem um dos problemas ambientais existentes na região", alegou o responsável da Valnor. Os entulhos, que não podem ser transformados e reutilizados, vão ser depositados nos dois aterros de inertes de Campo Maior e Vale de Açor. Segundo a empresa multimunicipal, os dois aterros de inertes são utilizados por municípios e outras instituições, empresas e privados, para o adequado despejo legal de resíduos, sobretudo os provenientes de obras e demolições. A Valnor é uma empresa responsável pela gestão, valorização e tratamento dos lixos produzidos pelos 19 municípios que abrange, ou seja os 15 municípios do distrito de Portalegre, os municípios de Mação, Sardoal e Abrantes no distrito de Santarém e Vila de Rei, distrito de Castelo Branco. A empresa tem como accionistas a Empresa Geral de Fomento, detida em 100 por cento pela Águas de Portugal, representando 51 por cento do capital e os 19 municípios com os restantes 49 por cento. © 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A. 2007-10-04 11:25:02
publicado por Bocas-Verdes às 16:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


.posts recentes

. Como pode ser um País gov...

. Os políticos Portugueses ...

. "VELHO DITADO" CADA PAÍS...

. CHAVEIRA DE CARDIGOS CONV...

. TENHO SAUDADES DA MINHA T...

. Região do eucaliptal"

. Quinhentos metros de estr...

. Vila de Rei rejeita reord...

. Irene Barata queixa-se qu...

. MUNICÍPIOS NATUREZA E TEJ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds