Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

AR: Deputados de Santarém promovem gastronomia do Ribatejo durante a discussão do Orçamento

Lisboa, 31 Out (Lusa) - Os dez deputados eleitos pelo círculo de Santarém vão apoiar uma iniciativa de divulgação da gastronomia do Ribatejo na Assembleia da República, entre terça-feira e quinta-feira da próxima semana. A promoção da gastronomia ribatejana coincidirá no Parlamento com a discussão na generalidade da proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2008. Subscrevem a iniciativa os deputados Vitalino Canas (PS), Miguel Relvas (PSD), Nelson Baltazar (PS), Fernanda Asseiceira (PS), Mário Albuquerque (PSD), António Gameiro (PS), Luísa Mesquita (PCP), Vasco Cunha (PSD), Nuno Antão (PS) e Sónia Sanfona (PS). O trabalho de divulgação mediática destas jornadas gastronómicas e culturais coube ao assessor de imprensa da bancada do PS, António Colaço, natural de Mação, no distrito de Santarém. Ao longo dos três dias, as exposições dos produtos gastronómicos vão ocupar os dois restaurantes do Parlamento, o seu self-service e as escadarias principais da Assembleia da República. Além de gastronomia, a Assembleia da República acolherá uma exposição de artesanato regional e, terça-feira, ao fim da tarde, na sala do Senado, terá lugar uma peça cómica de teatro, intitulada "A Comissão de Festas" (de Alan Ayckbourn), interpretada pelo Grupo Fatias de Cá de Tomar. Na quarta-feira, segundo dia do debate do Orçamento, o Coral de Ourém Chorus Auris efectua uma apresentação de parte do seu reportório na Sala do Senado. Um dos momentos altos do programa ribatejano no Parlamento ocorrerá quarta-feira à noite, durante um jantar no Refeitório dos Frades, em que serão servidos os vinhos premiados pela Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo, tendo os promotores da iniciativa o objectivo de conjugarem a gastronomia e os doces ribatejanos. Durante o jantar actuarão também os grupos folclóricos "Camponeses de Riachos", "O Espinheiro de Alcanena" e o Académico de Danças Regionais de Santarém, que exibirão danças de fandango e jogo do pau.

31 de Outubro de 2007 Tirado de Lusa/fim
publicado por Bocas-Verdes às 14:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Brasil: Exportações portuguesas de azeite devem aumentar 25 por cento em 2007

São Paulo, Brasil, 30 Out (Lusa) - As exportações portuguesas de azeite para o Brasil devem aumentar 25 por cento este ano para 48 milhões de euros, em relação a 2006, disse hoje à Lusa o presidente da Casa do Azeite de Portugal.


ZZZd-Redondil.gifZZZe-Verdeal de Serpa ou moura.gifzzzzzzzazeitona1.gif



Luís Folque, que participou em São Paulo de uma acção de promoção do produto português, informou que o total das exportações deverá ascender a cerca de 16.000 toneladas.

"Este crescimento extraordinário é resultado da pujança da economia brasileira", salientou o responsável, referindo-se ao crescimento de cerca de cinco por cento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

O presidente da Casa do Azeite de Portugal, entidade com 65 associados, responsáveis por 95 por cento do azeite embalado português, disse que a meta em 2008 será manter a actual quota de mercado no Brasil.

"Nossa prioridade será fortalecer e solidificar nossa posição, defender a nossa quota de praticamente metade do mercado no Brasil, país que mais exporta azeite português no mundo", salientou.

Luís Folque sublinhou que o recente reconhecimento por parte do governo brasileiro da marca portuguesa de azeite, antiga reivindicação dos produtores portugueses, reduziu as fraudes no mercado.

"Esse problema foi finalmente resolvido, e o azeite é exportado depois de embalado, em Portugal, com a marca oficial, garantia do controlo de qualidade do produto", disse.

O embaixador de Portugal em Brasília, Francisco Seixas da Cosa, sublinhou a importância do trabalho de combate às fraudes através da informação ao consumidor brasileiro.

"No endereço electrónico da embaixada na Internet há informações e advertências para acabar com as fraudes que são perigosas e que podem afectar a imagem do produto português", disse o diplomata.

A acção de promoção do azeite português, no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, insere-se no programa governamental "Portuguese Choise & Taste" de fortalecimento de marcas de produtos alimentares.

Actualmente, a marca de azeite português Gallo é a mais vendida no Brasil, com vendas superiores à concorrente directa, a espanhola Carbonell.

Depois de Portugal, os principais fornecedores de azeite para o mercado brasileiro são Espanha, Argentina e Itália.


Tirado de Lusa/Fim
publicado por Bocas-Verdes às 18:42
link do post | comentar | favorito

Vasco Cunha avisa que vai apurar se há fraude para as distritais do PSD

A candidatura de Vasco Cunha à distrital de Santarém do PSD vai apurar se estão a ser enviadas listagens de militantes com quotas em atraso para pagamento através de Multibanco em todos os 21 concelhos do Distrito, para eventual procedimento. "Se há listas nos 21 concelhos para pagamento de quotas em massa pode estar em curso a maior fraude eleitoral jamais ocorrida no Distrito, que poderá pôr em causa as eleições" antecipadas para a distrital agendadas para 09 de Novembro, disse Vasco Cunha. O deputado, recandidato à liderança da distrital social-democrata, falava numa conferência de imprensa destinada a apresentar o seu programa, que "simbolicamente" realizou em Fátima, no Concelho de Ourém, cujo presidente de câmara declarou apoio à outra candidatura, liderada por João Moura. Vasco Cunha sentou à mesa os outros dois deputados do Distrito e candidatos à mesa da assembleia, Miguel Relvas, e do conselho de jurisdição, Mário Albuquerque, o seu mandatário distrital, António Campos, e o independente Francisco Moita Flores, presidente da Câmara Municipal de Santarém eleito pelo PSD. "Isto é terrorismo político dentro do partido", disse Vasco Cunha referindo-se a uma mensagem recebida por e-mail por alguns militantes e outros não militantes, enviada pelo mandatário concelhio de João Moura em Vila Nova da Barquinha. Nessa mensagem, em que é feito um apelo ao voto no dia 09, vem anexada uma "listagem e códigos para pagamentos via MB" onde é indicado o montante de quotas em dívida por 31 militantes daquela concelhia. Vasco Cunha disse que o secretário-geral do partido foi informado desta situação, dependendo a apresentação de uma queixa da confirmação de que a situação é generalizada a todo o Distrito. "É apenas um aviso à navegação a quem quer usar meios ilícitos", afirmou, pedindo ao presidente da Câmara de Ourém, David Catarino, que esclareça "se vai dar cobertura a este tipo de comportamentos". Mário Albuquerque, natural de Ourém, justificou o seu apoio e a sua presença na candidatura de Vasco Cunha e Miguel Relvas com o "dever de gratidão e lealdade" para com quem "sempre ajudou" o seu concelho e por acreditar que esta candidatura tem "mais experiência" para "enfrentar os desafios que estão pela frente". Moita Flores apresentou-se como "um independente que vota no PSD" e que tem toda a liberdade para "expressar opiniões sem preconceitos". Para Moita Flores, as últimas sondagens, em que o PSD se aproxima "perigosamente, no bom sentido", do PS, mostraram que fez bem em apoiar Luís Filipe Menezes, porque, "perante um País em que as pessoas estão a perder a esperança", era preciso "uma oposição mais consistente e agressiva". Declarando-se contra os "bairrismos provincianos", Moita Flores disse que não podia ficar calado a "ver que o discurso se afunilava" e coisas que lhe desagradam, como a questão das quotas, situação que denunciou na altura da candidatura de Menezes, considerando-a "um caso de polícia". Vasco Cunha afirmou que o manifesto de João Moura "não tem uma ideia", contrapondo que a distrital que liderou nos últimos anos conquistou três autarquias do Distrito, entre as quais Santarém, e promoveu a formação de quadros. Tendo em conta o ciclo eleitoral de 2009, com três actos eleitorais previstos, apontou como metas a conquista de mais presidências de câmara e mais juntas de freguesia e mais mandatos em todos os órgãos autárquicos. Na contagem de "espingardas", em contraponto ao apoio de David Catarino a João Moura, Vasco Cunha apontou os apoios dos presidentes de câmara sociais-democratas do Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Sardoal e Mação e dos dois independentes eleitos pelo PSD, Santarém e Tomar.


30 Out 2007, 08:13h


Tirado do jornal O Mirante

publicado por Bocas-Verdes às 14:57
link do post | comentar | favorito

Albufeira do Castelo de Bode. Moradores não querem mais projectos turísticos!

barragem de castelo de bode.jpg





A Associação dos Amigos de Castelo de Bode quer o plano de ordenamento daquela albufeira seja revisto, no sentido de impedir a construção de urbanizações turísticas junto ao espelho de água. Comentando o anunciado chumbo do Ministério do Ambiente a dois projectos turísticos de grandes dimensões previstos para a zona, o presidente da AACB considerou que a revisão do Plano de Ordenamento da Albufeira de Castelo de Bode (POACB) seria a “solução definitiva”, proibindo qualquer iniciativa a 500 metros da água.
“Estamos satisfeitos com a decisão do Governo, mas não estamos tranquilos e a qualquer momento poderá acontecer o inverso do que sucedeu agora”, afirmou Marques Montargil à Lusa. No seu entender, “a tranquilidade para quem vive na zona só pode acontecer quando o governo entender rever o plano de ordenamento”, já que nesse documento estão contempladas “seis ou sete áreas turísticas que podem ser urbanizáveis”.
O Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional anunciou na semana passada a emissão de duas declarações de impacte ambiental desfavoráveis para os projectos “Aldeamento Turístico Vale Paraíso” e “Aldeamento Turístico Chã d’Oliveira”, localizados na orla da albufeira, no concelho de Tomar. Em causa está o facto dos projectos preverem uma densidade populacional superior à admitida pelo POACB, com soluções de tratamentos dos esgotos consideradas inadequadas.
“Tendo presente que a albufeira de Castelo de Bode é actualmente o maior reservatório nacional de água, e onde se realiza a maior captação de água para consumo humano destinada à região de Lisboa e Vale do Tejo, a qualidade da água poderá vir a ser afectada” por estes equipamentos, refere o despacho, assinado pelo secretário de Estado Humberto Rosa. Esta decisão vem ao encontro das reivindicações dos próprios autores do POACB e da Quercus, que já havia manifestado a sua discordância face a estes projectos. Os riscos de contaminação da água e a ausência de benefícios para a zona envolvente foram algumas das preocupações manifestadas anteriormente por Rogério Gomes, presidente da Urbe, autora do documento de ordenamento.
Os dois aldeamentos previam a construção de mais de 300 habitações numa das encostas da albufeira, um número considerado elevado pela associação ambientalista Quercus, segundo Domingos Patacho, responsável do Núcleo Regional desta estrutura. “Não é este o modelo de turismo que queremos para a zona”, disse à Lusa, defendendo a recuperação dos núcleos habitacionais da região, em vez de aldeamentos deste género.
Estes projectos estavam previstos desde 1997, abrangendo uma área total de 52 hectares, prevendo a construção de piscinas, dois campos de ténis, um campo de mini-golfe, um porto de recreio, entre outras valências, para um mais de mil habitantes.

O Ribatejo
publicado por Bocas-Verdes às 00:49
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Outubro de 2007

Mação tem Valtejo Finicia

camara de macao.jpg

Mação tem Valtejo Finicia
O Município de Mação assinou no dia 10 de Setembro um Protocolo que visa a concretização do Projecto Valtejo Finicia Mação. Trata-se de um Projecto de apoio, estímulo e orientação de investimentos a realizar por Micro e Pequenas empresas no Concelho de Mação. Para este Projecto o Município de Mação tem como parceiros a Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém, o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI), a Garval – Sociedade de Garantia Mútua e o Banco Espírito Santo (BES).

O Programa Valtejo Finicia pretende uma melhoria dos produtos e/ou serviços prestados e para a modernização das empresas ou para as modificações decorrentes de imposições legais e regulamentares.
O âmbito de aplicação do Valtejo Finicia são projectos de investimento de Micro e Pequenas Empresas dos sectores da Indústria, Comércio, Turismo, Construção e serviços já constituídas e em actividade na área geográfica do Concelho, com um financiamento de 100% das despesas.
O Fundo constituído para este Projecto apresenta um valor global de € 500.000,00 sendo que 20% caberão à Câmara Municipal e os restantes 80% ao BES. Trata-se, portanto, de um instrumento financeiro de apoio que permite que as micro e pequenas empresas candidatem a um apoio que pode ir até aos 45 mil euros por projecto, sendo que 20% da verba é disponibilizada pelo Município, sob a forma de apoio reembolsável e taxa de juro 0.

As despesas elegíveis são todas as de investimento em capital corpóreo e incorpóreo indispensável ao exercício da actividade. Não serão contempladas despesas com terrenos, edifícios, automóveis e trespasses, entre outras.
Poderá, excepcionalmente, ser financiada pelo Fundo a criação de novas empresas, até 50% das despesas elegíveis, desde que o projecto tenha um forte conteúdo tecnológico ou diferencial regional.
Serão apoiados investimentos produtivos que contribuam para o reforço da competitividade e/ou diferenciação empresarial no concelho de Mação.

Tirado da CMM
publicado por Bocas-Verdes às 19:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

2.º Passeio Pedestre da CPCJ Mação

1193249559-PasseioAvosENetosMacao2007.bmp(Foto: Jornal Voz da Minha Terra)

Cerca de 130 avós e netos do Concelho de Mação participaram no 2.º Passeio Pedestre Avós e Netos, levado a cabo pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Mação (CPCJ), no passado sábado, 20 de Outubro, na Freguesia de Ortiga.
Oriundo de várias Freguesias do Concelho, o grupo fez o percurso de cerca de quatro quilómetros entre o Largo da Liga, em Ortiga, e a Estação de Alvega-Ortiga, numa caminhada onde reinou a boa disposição. O dia estava agradável, com a temperatura ideal para uma actividade desta natureza, e o passeio teve como pano de fundo, durante uma parte do percurso, o rio Tejo, um elemento de grande beleza natural que caracteriza o nosso Concelho.
Os participantes chegaram a Ortiga em transporte cedido pela Câmara Municipal de Mação (que assegurou a deslocação de ida e volta em autocarro entre Mação e Ortiga) e receberam uma t-shirt alusiva ao Passeio, oferecida pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens. No final todos receberam um certificado de participação da CPCJ e, depois da actividade, tiveram um lanche-convívio na Tejada (Casa de Campo –Turismo Rural), oferecido pela Junta de Freguesia de Ortiga.
Esta actividade teve como objectivo fortalecer os laços familiares, neste caso, a relação entre avós e netos, promovendo assim as relações entre a família nas suas diferentes gerações. Tendo em conta o importante papel que os avós desempenham na vida dos netos, constituindo um grande suporte para o seu desenvolvimento e crescimento, este Passeio Pedestre da CPCJ Mação veio assinalar uma vez mais a importância desta relação.

Vila De Rei FM Online
publicado por Bocas-Verdes às 17:52
link do post | comentar | favorito

Energia eólica a crescer

imagens.jpg

O distrito de Santarém é o sexto do país na produção de energia eólica, com perto de meia centena de torres de energia eólica instaladas, embora apenas em dois concelhos: Mação e Rio Maior. A potência destas gigantescas hélices instaladas na paisagem distrital representa já cerca de 104 megawtts, com o grosso dessa produção localizado no parque natural da serra de Candeeiros (ver figuras e quadros anexos).

Cada uma destas torres, que podem oscilar entre os 60 e 100 metros de altura, custa em média, com todo o equipamento incluído, entre os 45 e 60 milhões de euros. E são três as empresas fabricantes com equipamento instalado no distrito: a Enarcon, a Vestas e a Neg-Micon.

Na Europa, os campeões da energia eólica são a Alemanha e a Dinamarca, de onde importamos de resto boa parte da tecnologia, nomeadamente os geradores. Temos contudo já empresas portuguesas a fabricarem as hélices e as torres, que também exportamos para o mercado espanhol.
publicado por Bocas-Verdes às 17:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

Mais uma Aldeia a participar na Feira Dos Santos - Mação



Centro Recreativo


Chaveira / Chaveirinha




Participação na Feira de Santos


Mação


 


Quinta


1 de Novembro de 2007


Banca com produtos da Chaveira


Mel


Quadros


Artesanato


Pastelaria / Padaria


Outros produtos da Terra


Convívio anual do Dia de Santos


Sábado


3 de Novembro de 2007


Almoço - "Rancho"


Tarde - "castanha assada"


Noite - "Febras"



Sócios » 6,00 €


Não-sócios » 7,50 €


Crianças até 12 anos, não pagam.



Inscrições até 25 de Outubro


no Café Vinha Velha


A Direcção, Apoio:


 



1º PASSEIO BTT


"TRILHOS DA CHAVEIRA"


Dia 4 de Novembro



É com enorme prazer que o Grupo Desportivo "Os Pardais", inserido no Centro Cultural e Recreativo da Chaveira e Chaveirinha o vem convidar para participar no seu 1º Passeio BTT "Trilhos da Chaveira", que se vai realizar no dia 4 de Novembro:



+- 25 KM ( MEDIO/BAIXO)



9.00 H – Concentração no campo de Futebol da Chaveira


9.30 H – Inicio do passeio


10.30 H – Ponto estratégico (pequeno almoço/agua/sumos)


13.00 H – Almoço – Porco no Espeto


17.00 H – Castanhas assadas / Agua pé


 


Preço por pessoa – 10,00 €


(pequeno-almoço/almoço/castanhas/t-shirt)


 


Inscrições ate 1 de Novembro – 96 7040812 – pboss@sapo.pt


96 7319332


Organização a cargo do Grupo Desportivo " Os Pardais"



 



Uso obrigatório de capacete de protecção – A organização não se responsabiliza pelo não cumprimento das regras

publicado por Bocas-Verdes às 15:13
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Deputado do PS critica falta de investimento no IC8

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz123564.jpg Vítimas em Figueiró dos Vinhos.


 O deputado socialista Carlos Lopes, eleito por Leiria, critica a “ausência de investimento adequado por parte do Estado” no Itinerário Complementar (IC) 8, que liga o litoral ao interior pelo Centro do país. Considerando que o tráfego naquela via que liga os concelhos de Pombal a Castelo Branco “é muito intenso”, Carlos Lopes alerta para o facto de “em certas zonas o piso se apresentar desnivelado, deteriorado e com enormes deficiências”, o que pode justificar “um significativo número de acidentes, alguns dos quais mortais”. Em requerimento dirigido ao ministro das Obras Públicas, o deputado socialista, natural de Figueiró dos Vinhos, lembra que “o IC8, no seu actual traçado, foi construído há vários anos e continua a ser a única via principal de escoamento de tráfego entre Pombal e Castelo Branco, servindo de uma forma directa, entre outros, os municípios de Alvaiázere, Ansião, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, Sertã e Proença-a-Nova” e também continua servindo de uma forma directa ou indirecta outros mais concelhos como Vila De Rei e Mação. “Este troço afigura-se estruturante e decisivo no que concerne à redução das assimetrias entre o pinhal interior e o litoral” e “determinante no que concerne ao fomento do desenvolvimento económico, através da atracção de investimento que dinamize a instalação de empresas com a consequente criação de postos de trabalho”, sublinha o deputado no requerimento. Segundo o deputado, “o actual traçado revela-se hoje desadequado à prossecução de tais objectivos, verificando-se de há uns anos a esta parte a ausência de investimento adequado por parte do Estado nesta via estruturante, que tem vindo a conhecer um aumento significativo de circulação”. Neste contexto, o parlamentar eleito por Leiria questiona o gabinete do ministro Mário Lino sobre se “tenciona o Governo a breve trecho intervir no troço do IC8 de modo a criar condições de segurança e fluidez de tráfego, nomeadamente no que diz respeito à requalificação do piso entre Pedrógão Grande e Proença-a-Nova”


. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz2571.jpg Ocorrido nas imediações de Proença-a-Nova, na IC8.

publicado por Bocas-Verdes às 14:04
link do post | comentar | favorito

Domingos Activos em Família no Mação

Os participantes formaram um coração assinalando o Dia Mundial do Coração A Câmara Municipal de Mação organizou mais um Domingo Activo em Família no passado domingo, dia 30 de Setembro. Com encontro marcado na Estação de Ortiga, estavam agendadas actividades ao ar-livre como ciclismo, passeio pedestre e ginástica pelo que o mau tempo obrigou ao cancelamento do programa. Apesar da condições climatéricas adversas apareceram vários entusiastas para participar, o que mereceu uma palavra de enaltecimento de José António Almeida, Vereador da Autarquia, sempre presença assídua nestas actividades. Apesar do cancelamento das actividades de mais um Domingo Activo em Família, que integravam também o Dia Mundial do Coração com o Passeio de Bicicleta "Pedalar pelo Coração", e o as Jornadas Europeias do Património com um Passeio Pedestre, foram distribuídas as t-shirt's do Dia Mundial do Coração e folhetos informativos do Museu. Como tem sido habitual nas comemorações do Dia do Coração o grupo reuniu-se formando um coração para a fotografia da praxe. Depois, alguns dos participantes fizeram uma visita guiada ao Museu o que surgiu como actividade alternativa. Refira-se que, com os Domingos Activos, a Câmara Municipal de Mação pretende promover um espaço de convívio para toda a família e incutir, simultaneamente, a importância do exercício físico na nossa saúde e bem-estar, proporcionando assim actividades em locais de grande beleza natural e cultural do Concelho de Mação. Este projecto "Domingos em Família" será desenvolvido com um programa muito sugestivo já na próxima primavera e verão.


 Vila De Rei Fm Online

publicado por Bocas-Verdes às 13:29
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


.posts recentes

. Como pode ser um País gov...

. Os políticos Portugueses ...

. "VELHO DITADO" CADA PAÍS...

. CHAVEIRA DE CARDIGOS CONV...

. TENHO SAUDADES DA MINHA T...

. Região do eucaliptal"

. Quinhentos metros de estr...

. Vila de Rei rejeita reord...

. Irene Barata queixa-se qu...

. MUNICÍPIOS NATUREZA E TEJ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds