Terça-feira, 12 de Setembro de 2006

Somos os piores a combater fogos!

coimbra.jpeg

Portugal tem a pior performance da Europa do Sul no combate aos incêndios. Em 2005, apesar de não ter tido a maioria do número de ocorrências, Portugal teve 57 por cento da área ardida, o que significa que ardem mais hectares nos incêndios em Portugal. Espanha, por exemplo, teve 36 por cento do número de fogos, mas apenas 31 por cento da área ardida escreve o Diário de Notícias na edição desta terça-feira.
O relatório de 2005, publicado pelo Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia no âmbito do projecto Sistema Europeu de Informação em Fogos Florestais (EFFIS), assinala, por exemplo, os «excelentes resultados» alcançados pela Itália na área da prevenção de fogos florestais e no sistema de combate. A média de cada incêndio do país é inferior a 6 hectares. Em Portugal, é de 9,5 e na vizinha Espanha apenas de 6,85 hectares.
Os números não dão conta de uma situação totalmente desconhecida, mas revelam uma dimensão preocupante: só Portugal ultrapassou em 2005 a média dos últimos 25 anos.
Causas humanas
As causas para estes maus resultados são quase sempre humanas. Quer sejam criminais, negligentes ou organizacionais. Este ano, a Polícia Judiciária (PJ) já abriu 694 investigações por suspeita de fogo posto. No decorrer destas acções foram detidas 30 pessoas, algumas das quais reincidentes.
Nos últimos cinco anos, foram condenadas ou estão ainda em cumprimento de pena 270 pessoas. Estes dados do Ministério da Justiça incluem os incêndios dolosos mas também os que resultam de casos de negligência. Mas uma maior «dureza» nas penas para a negligência tem sido uma das coisas mais reclamadas. E algo que o novo Código Penal já prevê.

«Este ano, os fogos não estão a iniciar-se no interior das matas, mas junto às populações, o que demonstra que há práticas negligentes», declarou fonte da PJ. O problema prende-se com a «pressão populacional» que ocorre nesta altura do ano nas zonas do interior. Seja a chegada de emigrantes ou a deslocação de pessoas das grandes cidades para as terras de origem. «As pessoas chegam e começam a limpar o quintal, depois queimam o entulho e começam os problemas», diz a PJ.
publicado por Bocas-Verdes às 06:34
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Toma La da ca a 12 de Outubro de 2006 às 04:12
Mais uma a custa dos Imigrantes desde que Eles deixaram de emviar as patacas para Portugal! Agora acusados de por o fogo.


De NORTE AO SUL a 30 de Setembro de 2006 às 13:42
E gostava de me equivocar com esta hipótese sobre os fogos postos. Mas ter a perspectiva de quem vê as coisas de longe, no meu caso de forma forçada, costuma dar certo. Precisamente quando chego de cada tantos meses de volta e constato que se está a edificar cada vez mais na costa, e na ilha em concreto, começa uma vaga de incêndios de uma nova tipologia. Ou estou eu muito errado ou as novas tipologias respondem a novos interesses, e é que, com efeito, agora o lume chega logo a zonas povoadas. Vendo isto, atrevo-me a afirmar, sem saber, que um terreno queimado é mais barato que um sem queimar. É, digamos, uma intuição. Claro que até dentro de 30 anos não se pode edificar nesses terrenos, segundo a lei. Mas também é verdade que o grande capital espanhol, esse que já não pode edificar na costa mediterrânica por falta de espaço, sabe fazer planos a longo prazo. Depois de tudo, por que será, senão, que ardem sobretudo as províncias de Ponte Vedra e a Corunha? Não será que são as mais turísticas?


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


.posts recentes

. Como pode ser um País gov...

. Os políticos Portugueses ...

. "VELHO DITADO" CADA PAÍS...

. CHAVEIRA DE CARDIGOS CONV...

. TENHO SAUDADES DA MINHA T...

. Região do eucaliptal"

. Quinhentos metros de estr...

. Vila de Rei rejeita reord...

. Irene Barata queixa-se qu...

. MUNICÍPIOS NATUREZA E TEJ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds