Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Brasil: Exportações portuguesas de azeite devem aumentar 25 por cento em 2007

São Paulo, Brasil, 30 Out (Lusa) - As exportações portuguesas de azeite para o Brasil devem aumentar 25 por cento este ano para 48 milhões de euros, em relação a 2006, disse hoje à Lusa o presidente da Casa do Azeite de Portugal.


ZZZd-Redondil.gifZZZe-Verdeal de Serpa ou moura.gifzzzzzzzazeitona1.gif



Luís Folque, que participou em São Paulo de uma acção de promoção do produto português, informou que o total das exportações deverá ascender a cerca de 16.000 toneladas.

"Este crescimento extraordinário é resultado da pujança da economia brasileira", salientou o responsável, referindo-se ao crescimento de cerca de cinco por cento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

O presidente da Casa do Azeite de Portugal, entidade com 65 associados, responsáveis por 95 por cento do azeite embalado português, disse que a meta em 2008 será manter a actual quota de mercado no Brasil.

"Nossa prioridade será fortalecer e solidificar nossa posição, defender a nossa quota de praticamente metade do mercado no Brasil, país que mais exporta azeite português no mundo", salientou.

Luís Folque sublinhou que o recente reconhecimento por parte do governo brasileiro da marca portuguesa de azeite, antiga reivindicação dos produtores portugueses, reduziu as fraudes no mercado.

"Esse problema foi finalmente resolvido, e o azeite é exportado depois de embalado, em Portugal, com a marca oficial, garantia do controlo de qualidade do produto", disse.

O embaixador de Portugal em Brasília, Francisco Seixas da Cosa, sublinhou a importância do trabalho de combate às fraudes através da informação ao consumidor brasileiro.

"No endereço electrónico da embaixada na Internet há informações e advertências para acabar com as fraudes que são perigosas e que podem afectar a imagem do produto português", disse o diplomata.

A acção de promoção do azeite português, no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, insere-se no programa governamental "Portuguese Choise & Taste" de fortalecimento de marcas de produtos alimentares.

Actualmente, a marca de azeite português Gallo é a mais vendida no Brasil, com vendas superiores à concorrente directa, a espanhola Carbonell.

Depois de Portugal, os principais fornecedores de azeite para o mercado brasileiro são Espanha, Argentina e Itália.


Tirado de Lusa/Fim
publicado por Bocas-Verdes às 18:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


.posts recentes

. Como pode ser um País gov...

. Os políticos Portugueses ...

. "VELHO DITADO" CADA PAÍS...

. CHAVEIRA DE CARDIGOS CONV...

. TENHO SAUDADES DA MINHA T...

. Região do eucaliptal"

. Quinhentos metros de estr...

. Vila de Rei rejeita reord...

. Irene Barata queixa-se qu...

. MUNICÍPIOS NATUREZA E TEJ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds